Carregando tradução..
Siga-nos nas Redes Sociais
Fixo 12 3883-6161
Vivo/ whatsapp 12 997885442
Nextel 12 974099657

Últimas notícias

Setor da construção pronto para uma virada
12/05/17

Depois de três anos consecutivos de drástico encolhimento, o mercado da construção civil na capital paulista está a caminho de uma virada em 2017, podendo crescer de 5% a 10% em relação ao ano passado, segundo o presidente do Sindicato de Habitação de São Paulo (Secovi-SP), Flávio Amary. Em sua visão, chegou ao fim o ciclo de baixa do setor e já se iniciou um ciclo de recuperação, o que é animador para a atividade econômica, com maior movimento em toda a cadeia fornecedora do setor e contração de mão de obra.


É verdade que a reação é moderada, já que a base de comparação é baixa, pois em 2016 houve queda de 23,6% nos lançamentos e 19,7% nas vendas de imóveis residenciais. Mas, considerando a existência de uma demanda reprimida e a queda da inflação e dos juros, o crescimento pode ser mais vigoroso. O economista Celso Petrucci afirma que o Secovi cogita rever para cima as projeções de expansão: “Nos meses anteriores, nós considerávamos a possibilidade de rever essa projeção para baixo. Agora, se mudarmos a projeção, será para cima”.


O aquecimento da demanda terá reflexo sobre os preços dos imóveis novos, que tendem a aumentar em torno de 10%, se confirmadas as condições que se desenham no mercado. Lembra-se, a propósito, que os preços dos imóveis em geral tiveram queda de 3,8% em 2015 e praticamente permaneceram estáveis em 2016, com reajuste médio de 0,1%.


O mercado, portanto, ainda está muito favorável aos potenciais compradores. No fim de 2016, havia em São Paulo um estoque de 24,1 mil unidades habitacionais, contando lançamentos de imóveis na planta, em obras e recém-construídos.


Muito se fala sobre o volume de cancelamentos dos contratos de compra e venda de imóveis, os chamados distratos, que chegaram a representar 20,5% das transações com imóveis ao fim de 2016. Em vez de devolução dos valores já pagos aos incorporadores, o Secovi defende a adoção de mecanismos para facilitar a revenda ou leilão de imóveis mantendo as regras em vigor para tais casos. Seja como for, à medida que a economia se recuperar e os imóveis se valorizarem, a proporção de distratos tende naturalmente a cair.


Fonte: Estadão







Últimas notícias
 31/05/17 - CMN define quais imóveis podem usar até R$ 1,5 milhão do FGTS
 31/05/17 - Caixa volta a liberar crédito imobiliário para linha pró-cotista
 12/05/17 - Setor da construção pronto para uma virada
 07/04/17 - Cenário do mercado imobiliário é de reação no segundo semestre
 09/03/17 - Governo pode aumentar valor máximo para compra de imóvel com FGTS
 09/03/17 - Temer quer ampliar Minha Casa Minha Vida para renda até R$ 9 mil
 09/03/17 - Governo anuncia mudanças no Minha Casa Minha Vida
 09/03/17 - Limite de financiamento de imóveis subirá a R$1,5 milhão
 09/03/17 - Uso do FGTS para quitar imóveis é expandido
 30/12/16 - Pela primeira vez no ano, Caixa reduz juro para financiar imóveis
 30/12/16 - Governo anuncia mais 500 mil empreendimentos do Minha Casa
 07/11/16 - MRV tem alta de vendas no 3º tri, distratos caem 25%
 07/11/16 - China quer expandir reforma tributária do setor imobiliário
 07/11/16 - Venda de imóveis tem primeira alta após 13 meses
 08/10/16 - Bancos são autorizados a financiar imóveis de até R$ 1,5 milhão
 09/09/16 - Caixa volta a oferecer financiamento de imóveis mais barato
 08/08/16 - Saiba quais itens os inquilinos mais buscam nos imóveis
 08/08/16 - Caixa vai financiar imóveis de até R$ 3 milhões
 08/08/16 - Comprar um imóvel novo ou usado? Dicas ajudam a avaliar a melhor
 13/06/16 - Caixa descarta aumento de juros para financiar casa própria
 03/06/16 - Melhora nas perspectivas abre espaço para boas oportunidades
 03/06/16 - Feirão da Casa Própria começa hoje em São Paulo
 08/03/16 - Caixa passará a financiar até 70% de imóveis usados
 04/03/16 - Caixa volta a oferecer financiamento de imóveis mais barato
 02/03/16 - Veja quanto tempo leva para comprar um imóvel
 01/03/16 - FGTS reforça crédito da casa própria com mais R$ 21,7 bi
 14/01/16 - Nova fase do Minha Casa Minha Vida
 23/12/15 - Imóveis em São Paulo sobem menos que inflação, mas aluguel supera
 23/12/15 - O que fazer para evitar dívidas no financiamento imobiliário
 23/12/15 - 7 dicas para vender ou alugar seu imóvel mais rápido
enviando...